Viaje Para Israel » A Conquista de Canaã

Cel/WhatsApp/Telegram: (011) 95329-7733 - (011) 3101-9064  

COMPARTILHE |         |

Share this on WhatsApp

A Conquista de Canaã

O assistente e sucessor de Moisés foi Josué (Js. 1.5), o qual conduziu os hebreus a Canaã: ”Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, serei contigo, não te deixarei nem te desampararei”. Após atravessarem o rio Jordão, os israelitas avançaram a fim de conquistar a primeira cidade cananéia denominada Jericó. Diz as Escrituras que Josué e seus soldados marcharam ao redor da cidade uma vez por dia durante seis dias e os sacerdotes tocavam sete trombetas acompanhados de homens armados.No sétimo dia, este grupo marchou ao redor da cidade seis vezes, e na sétima vez, ao som das trombetas, as muralhas caíram; os hebreus invadiram, atacaram e queimaram Jericó. PRICE (2001) enumera as seguintes características de Jericó:

  • A cidade era extremamente fortificada no período da Idade de Bronze I, o tempo da conquista, de acordo com a cronologia bóblica; (Js. 2.5,7,15)
  • A cidade foi maciçamente destruída pelo fogo; (Js.6.24)
  • Os muros de fortificação caíram no mesmo tempo em que a cidade foi destruída; (Js. 6.20)
  • A destruição ocorreu no tempo da colheira da primavera, conforme indicado por grandes quantidades de grãos que eram estocados na cidade; (Js. 5.10)
  • O ataque a Jericó foi breve, uma vez que o grão estocado na cidade não foi consumido; (Js.6.15,20)
  • Os grãos não foram saqueados, como era usualmente o caso na antiguidade, de acordo com a ordem divina; (Js 6.17,18)
  • Os habitantes não tiveram nenhuma oportunidade de fugir com seus produtos alimentísticos; (Js, 6.1)
  • Jericó foi abandonada por um período seguinte a destruição, de acordo com a maldição de Josué. (Js. 6.26)

Após a conquista, Josué e seus soldados foram para cidade de Aí, a qual foi atacada por cinco mil hebreus; no entanto os soldados liderados por Josué tiveram que recuar, pois de acordo com o texto bíblico, um homem chamado Acã havia tomado utensílios de Jericó, o desobedecendo as ordens de Deus, as quais eram destruir tudo que existia na cidade. Por isso, Acã e sua família foram apedrejados e queimados e um novo ataque foi executado contra a cidade de Ai, a qual foi queimada, seus habitantes mortos e seu rei enforcado numa árvore .(Js. 8.28): ”Assim, queimou Josué a Ai, e a tornou um perpétuo montão de ruínas, como é até o dia de hoje”.

Quando os habitantes de outras cidades de Canaã tomaram conhecimento de como os hebreus haviam conquistado Jericó e Ai, ficaram temerosos. Assim os gibeonitas um dos povos cananeus, foram até o acampamento dos israelitas, em Gilgal, próximo ao rio Jordão, a fim de tentar um acordo de paz.

Quando o rei de Jerusalém Adoni- Zedeque ficou sabendo que os gibeonitas haviam feito uma aliança com os israelitas, convenceu os reis amorreus de Hebrom, Jarmute, Laquis e Eglom a atacar Gibeom (Js. 10.3,4):

” Pelo que Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, enviou mensageiros a Horão rei Hebrom, e o Pirão rei de Jarmute, e a Jafia, rei de Laquis, e a Debir, rei de Eglom, dizendo: Subi a mim, e ajudai-me a ferir a Gibeom, porque fez paz com Josué e com os filhos de Israel”.

Os gibeonitas pediram ajuda a Josué, o qual com seu exército atacaram e venceram os reis amorreus, porém estes reis se refugiaram em uma caverna em Maqueadá (Js. 10. 17); todavia eles foram localizados, mortos e seus corpos foram pendurados em arvores até o pôr-do-sol (Js.10.26). Nesta mesma ocasião, Josué conquistou todas as cidades do sul de Canaã e voltou para Gilgal (Js.10.28-43).

O rei da cidade Hazor, chamado Jabim, enviou mensageiros aos reis da região norte de Canaã Sinron e Acsafe, Joabe de Madon, entre outros , a fim de lutarem contra Israel (Js.11.5): ” Todos estes reis se ajuntaram, vieram, e se acamparam junto as águas de Meron, para pelejarem contra Israel”. Todavia os inimigos dos israelitas foram derrotados. MILARD (2006) afirma:

” Os israelitas perseguiram os soldados da coalizão em várias direções, jarretram ou aleijaram seus cavalos e queimaram seus carros.

Então Josué tomou Hazor, o mais importante centro urbano do norte, com uma área de 71 hectares, massacrou seus habitantes, executou o seu rei e queimou a cidade. Mais uma vez Josué voltou a Gilgal para dividir as doze tribos”.

Quando ocorreu a distribuição das tribos, ainda haviam cananeus nos territórios, no entanto, Josué advertiu os israelitas para não se casarem com estes sobreviventes.

5tcyz0sb59_2cogsf9qr8_file

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *