Viaje Para Israel » Mar da Galileia

Cel/WhatsApp/Telegram: (011) 95329-7733 - (011) 3101-9064  

COMPARTILHE |         |

Share this on WhatsApp

Mar da Galileia

Mar da Galileia

O tempo parece que parou onde os montes verdes da Galileia descem para o lago mais famoso na bíblia. Este é o segredo da força desta região, que move os visitantes cristãos. Você não tem que fechar os seus olhos para imaginar a Jesus aqui – você tem que abrí-los.

 

Como nos diz Mateus 4:13, Jesus foi de Nazaré, no centro da Galileia, para Cafarnaum na praia do lago que eles chamavam Genesaré. Aqui ele juntou os seus primeiros discípulos – pescadores que ele encontrou jogando as suas redes em águas rasas (Mateus  4:18). Você pode andar por aquela praia, nos mesmos lugares onde Jesus e seus discípulos andaram, e ver a bíblia ganhar vida.

 

Aqui você vai querer se levantar cedo, ao amanhecer, quando os antigos pescadores costumavam voltar para casa com o que pescaram- ou sem. Enquanto você observa a loucura da alimentação dos peixes perto da margem da praia, você pode entender porque Jesus escolheu pescadores para serem os seus primeiros apóstolos: “O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar …” (Mateus 13:47). Este foi o pano de fundo para a alimentação dos 4000 (Mateus  15:32-37) e dos 5000 (Marcos 6:39-43), com alguns pães e peixes. As amadas histórias das pescas miraculosas são lembradas aqui, talvez e especialmente aquela em João 21, onde Pedro se reconciliou com Jesus (João 21:15-17). O drama dos demônios na terra dos gadaneros (Mateus  8:28-33) recebe uma nova forma quando você se encontra no penhasco marcado há séculos atrás pelos cristãos como o lugar onde os porcos voaram para o lago. O sítio, perdido durante séculos, foi redescoberto e restaurado há poucas décadas atrás, por arqueólogos israelenses.

 

Os visitantes cristãos adoram andar pelo caminho de pedras criado pelo Ministério do Turismo ao longo da parte norte do lago, desde perto de Cafernaum ao lugar da multiplicação dos pães e dos peixes. Enquanto você anda por lá, é impossível não sentir a terra vibrar com histórias antigas de glória e uma fé simples. Olhe em volta – no inverno e na primavera os “lírios do campo” (Mateus 6:28) são abundantes, e as sementes prosperam nos seus leitos de um solo bom (Marcos 4:8). No final do verão e no outono os espinhos obstrutores da parábola do semeador ainda enchem estes mesmos campos, da forma que Jesus descreveu (Marcos 4:7).

 

No norte da Galileia as montanhas surgem em ambos os lados da estrada do vale, que costumava levar para os antigos reinados do norte. Aqui se pode encontrar a Hazor, conquistada por Josué e construída por Salomão.  Você também vera a Dan, onde pode ficar no Lugar Alto que apesar dos esforços de Jeroboam , não se comparava a Jerusalém, e Caesarea Philippi na fonte do rio Jordão, onde Jesus perguntou aos seus discípulos “Quem dizem as pessoas que eu sou?” (Marcos 8:27).

 

Estes são os momentos, quando você une às memórias desta linda terra, nos quais se alcança o entendimento que irá lhe acompanhar para sempre na sua caminhada espiritual.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *